14/10/2013

Caminho Novo do Ouro




Marco
Caminho Novo do Ouro





Boa 
sólida 
e histórica
vertente mineira 
da serra da Mantiqueira
Através de suas trilhas puris
o bandeirante Garcia Rodrigues Pais 
(filho de Fernão) atalhou via Barbacena
um novo caminho para escoar ouro extraído 
das preciosas minas de Vila Rica para Corte carioca










Fazenda Borda do Campo
fundada em 1698 
durante corrida do ouro 
nas Minas Gerais
para dar abrigo e apoio 
aos pioneiros do atalho de Barbacena





Cercado de verde 
bordado de flores
o atalho deu certo:
Reduziu de 3 para 1 mês 
tempo de viagem MG-RJ 
Trouxe identidade prosperidade 
e poder para o estado deMinas Gerais 
Causou mudança da Corte e Capital 
de Salvador para Rio de Janeiro 
Atraiu cobiça de milhares de aventureiros 
do bem e do mal para o sertão mineiro
Tornou-se Caminho Novo do Ouro e
1ª estrada oficial do Brasil


Rua XV de Novembro
Eixo central da cidade de Barbacena MG
Antigos trilha puri e atalho
ou Caminho Novo do Ouro


Toneladas de ouro e pedras raras 
extraídas do sertão mineiro
escoando serra-abaixo 
através do atalho
de Barbacena
para aristocráticos 
salões cariocas e europeus
atraíram milhares de aventureiros
ambição da Coroa e cobiça criminosa
Voltaire
Filósofo iluminista
"A história só pode ser bem escrita num País livre"




Enquanto ouro e pedras raras
extraídas do sertão mineiro
escoavam serra-abaixo 
para a Corte carioca
serra-acima porém
na contra-mão 
do atalho e
do saque imperial
subiram ideais iluministas 
propondo nova ordem social 
inspirando Inconfidência Mineira




Mas o sonho intenso de
 liberdade ainda que tardia
 desafiou a própria morte
 deixou rastro de sangue e dor
no atalho de Barbacena
 e ficou pra depois






Terminal carioca do Caminho Novo do Ouro                                                                        
Paço Imperial-RJ


Residência de D. João VI
Local da Aclamação de D. Pedro I e II
declaração do "Fico"
e assinatura da lei Áurea
1ª sede da Casa da Moeda do Brasil 
 Marco da arquitetura colonial

Largo do Paço Imperial
cais Pharoux  chafariz do Valentim
e panorama urbano carioca embaixo
JB Debret 1830



Construção do Paço pra administrar
e do cais e chafariz pra abastecer 
comercio moradores e navios no
terminal do Caminho Novo do Ouro
provocou 1ª revolução urbana na 
cidade do Rio de Janeiro








                                                                                




Paço 
Cais 
Chafariz

<--RJ 2016

Reminiscência do cais dos Mineiros
Terminal do atalho de Barbacena




       Cais dos Mineiros -->
(vizinho ao cais Pharoux)
   foi construído para
 atracar barcos oriundos do porto
  Estrela (Magé) carregados
de riquezas e passageiros 
que desciam do sertão proibido
 da vertente mineira 
da serra da Mantiqueira 
- via atalho de Barbacena -
 para a Corte carioca



Praia D. Manoel
Adolphe D' Hastrel 1841
Praia dos Mineiros
Rugendas




... é de se lembrar que foi na praia dos Mineiros que o Alferes Silva Xavier (1742-1792), à época em que ficou ausente de seu regimento em Minas Gerais quase um ano e meio, tentou encetar algumas iniciativas empresariais no Rio de Janeiro. 





Uma delas foi procurar arrendar oito braças de terreno na Praia dos Mineiros e seis braças na praia de D. Manoel para construir um guindaste de madeira que serviria para o embarque de animais quadrúpedes e manufaturas. (Arquivo Histórico Ultramarino (AHU) 18/8/1788, Lisboa.








                  


         Cais Pharoux 
   Chafariz do Valentim 
     Bolsa de Valores RJ
       2016
              


                                  









Cais Pharoux 
Chafariz do Valentim
Paço Imperial
2016
















Cuidado: sertão proibido.
Atalho de Barbacena
Siga esquerda.




               
E foi todavia 

 o atalho de Barbacena

passadiço de 

ideais iluministas 

e Inconfidência Mineira.








Vai q é raso



Mais ------>>>>>

Entrevista----->
  

Rascuin


Rascuin


_________________________________________________________________________________                                                                                              

------------------                       -------------------------                                --------------------





Busto do Mártir
a beira do CNO
Bbcena-MG





toneladas d retiradas do sertão mineiro passando sob guarda e barbas do Alferes
para salões cariocas e estrangeiros
 Dragões viraram bicho e o Comdt marcou reunião pra discutir assunto.


(|---------"O intenso trânsito do
ouro de Vila Rica para a Corte carioca
 tocou horror no atalho
........
A Coroa interveio
o Visconde radicalizou
 decret... Sertão Proibido da serra da Man...
 convocando o RRCM (Dragões Reais de Minas/berço da IM)( policiar CNO -------|)






















                                         











l





















Rass cunho

Ras Cunha





---------------------------------------------------------------------------------------------


Rasc.
ciclo do ouro
Legenda.

Mais ---->>> Entrevista.



Mais-->


-------->>>
Histórias e personagens do atalho/sertão proibido/

E foi, todavia, o cara rude...  representante leal/fiel ... ... (1ª) geração mineira ... ... dentista, tropeiro, minerador, comerciante, militar, ativista político, mártir da Inconf. Mineira, patrono cívico do Brasil, patrono das polícias militares estaduais, herói do sertão proibido e herói maior da pátria. /  Protomártir

Herói do sertão proibido
Herói do sertão proibido.




Mais.
Rasc.

Semeadura urbana ao longo do 

Corrida inaugurou 1ª estrada  oficial/1ª estr. of. inaugurada c cor...
...  disputa, cobiça/ganância, rastro de sangue... Rasc.


Revolução/proliferaç...urbana.

>>>>--->>>---><----0                ---0XX0---
Todavia    ... afim de arbitrar a corrida...

 Mais --->>>

----------------

... endurecer  fisco Real sobre a carga/incalculável riqueza retirada/transportada do interior mineiro para a capital/Corte carioca.

Rasc.-------------

Lenda de Sabarabuçu varre 7 mares.

Parte da "id. bras: protomártir, 1º piloto pistas e céus, Rev. Lib., 

  1. Segurança do C.N.O. ... no transporte das toneladas... apoio social e indignação do alferes Silva Xavier.
  2. Projeto para canalização dos rios Andaraí e Maracanã (que até hj inundam ruas adjacentes. Quem é dos' andara sabe) para abastecimento de água da cidade.
  3. Dentista, tropeiro, minerador, comerciante, militar, ativista político, mártir da Inconf. Mineira, patrono cívico do Brasil, patrono das polícias militares estaduais, herói do sertão proibido e maior herói nacional /  Protomártir.
 _______         . 

Inútil. Na contra-mão das toneladas de ouro e pedras raras que desciam serra abaixo, subiram cobiça de aventureiros e  ideais iluministas... "clamando p liberd/Republk/"nova ordem humanística"/Razão (Spinoza 1632-1677) Locke, Bayle, Newton...

Paris iluminista/Séc. das Luzes XVIII  x XIX Romantismo>>> Mal do Séc/ piegas: liberdade p criar/ privilegiar a emoção. Culto ao egocentrismo.       --->  Ênfase na razão iluminista dá lugar à ênfase no romantismo: civilização deslumbrada com iluminismo científico/Homem voa, industrialização/tem casa carro, eletricidade/luz  (Franklin séc. XVIII) em domicílio.   ... básico da vida moderna/contemporânea.

Razão p libertar x Id.Média/trevas/absolutismo/igreja/monarquia ?/  Fim da Id. Média-iluminismo: liberd, iguald. fraternid.
--------------------------------------------------------


Razão iluminista - Alunos Online




www.alunosonline.com.br › História › Idade Moderna › Iluminismo






















Barbacena é a cidade das rosas dos loucos
e do p. da av.
mas sua história é singular
e começou durante corrida do ouro
nas Minas Gerais
com fundação da fazenda Borda do Campo
em 1698














































































































































































































































































































































































































































































  • Saiba como os pensadores do século XVIII priorizaram a busca da razão iluminista, do progresso da ciência, da liberdade política e comercial.
  • A razão e o pensamento racionalista (Ratio - razão)(Descartes, Leibiniz, Hume, Kant, ...) guiavam todos os desejos e as vontades iluministas. Os pensadores pautavam suas reflexões nas temáticas relacionadas à sociedade e ao mundo natural em que vivemos.
  • Copérnico 1473/1543.  (Séc.16)
  • Renasc. Séc. 14, 15 e 16. (idad média-moderna - feudalismo-capitalismo.
  • Chamou-se "Renascimento" em virtude da redescoberta e revalorização das referências culturais da antiguidade clássica, que nortearam as mudanças deste período em direção a um ideal humanista e naturalista. O termo foi registrado pela primeira vez por Giorgio Vasari já no século XVI, mas a noção de Renascimento como hoje o entendemos surgiu a partir da publicação do livro de Jacob Burckhardt A cultura do Renascimento na Itália (1867), onde ele definia o período como uma época de "descoberta do mundo e do homem.
  • Gutemberg. ------------------------Johannes Gensfleisch zur Laden zum Gutenberg, ou simplesmenteJohannes Gutenberg (Mogúnciaca. 1398 — 3 de fevereiro de 1468) foi um inventor e gráfico alemão. Sua invenção do tipo mecânico móvel para impressão começou a Revolução da Imprensa e é amplamente considerado o evento mais importante do período moderno.1 Teve um papel fundamental no desenvolvimento da RenascençaReforma e na Revolução Científica e lançou as bases materiais para a moderna economia baseada no conhecimento e a disseminação da aprendizagem em massa.
  • -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
  • -------------------Rasc.
  • Corrida do ouro inaugurou 1ª estrada (oficial).
    Aventureiros - eixo/rota oficial do ouro.
    Sertão proibido-Alferes-Borda-quadrilhas-Inconfidência ... (Brisa iluminista na contra-mão da riqueza/toneladas...
    Brasil colonial.
    VILipêndio em Vila Rica.

    Aventura e patriotismo/

    Mais --->>>



    Texto/entrevista --->>>

    Flor é o órgão de reprodução das plantas, é a parte de onde sairá a semente ou o fruto.
    A flor é símbolo da beleza feminina. Pelo fato de murcharem depressa, também podem simbolizar a inconstância e efemeridade da vida.
    Pelo seu perfume, beleza e variedade de cores, as flores são cultivadas para ornamentar, presentear e, com uso menos frequente, na culinária.


     Se o século XVIII foi marcado pela objetividade, pelo Iluminismo e pela razão, o início do século XIX seria marcado pelo lirismo, pela subjetividade, pela emoção e pelo eu.
    O termo romântico refere-se ao movimento estético, ou seja, à tendência idealista ou poética de alguém que carece de sentido objetivo.
    O Romantismo é a arte do sonho e fantasia. Valoriza as forças criativas do indivíduo e da imaginação popular. Opõe-se à arte equilibrada dos clássicos e baseia-se na inspiração fugaz dos momentos fortes da vida subjetiva: na fé, no sonho, na paixão, na intuição, na saudade, no sentimento da natureza e na força das lendas nacionais















    2 comentários: